Animes' Heaven


    [Fan Fic / Aventura - Romance] Silver Knight

    Compartilhe
    avatar
    zetsu789
    Fan Ficter
    Fan Ficter

    Masculino
    Número de Mensagens : 50
    Idade : 19
    Localização : Amegakure,País da Chuva
    Anime Favorito : Naruto,Death Note,Bakuman,Katekyo Hitman Reborn,Soul Eater,Saint Seiya
    Personagem Favorito : L Lawliet,Byakuran,Mashiro Moritaka,Vongola Primo,Soul Evans,Shiryu
    Data de inscrição : 08/01/2011

    [Fan Fic / Aventura - Romance] Silver Knight

    Mensagem por zetsu789 em Seg 02 Maio 2011, 10:54

    Galera,aqui vai mais uma história pra vocês,espero que gostem!


    Silver Knight

    “Aqui jaz a escritura sagrada que conta a história de um cavaleiro,que motivado pela vingança,conquistou totalmente a Terra Prateada....”

    -ATACAR!!
    Começará.Soldados corriam de todos os lados.Gritos,a música da guerra.A Cidade de Ósiris,o sistema nervoso da Terra Prateada.A Cidade mais segura de toda Terra Prateada,agora estava em chamas.Estavam sendo atacados.

    -RÁPIDO,AO ATAQUE! TRAGAM AS CATAPULTAS!
    Os soldados abriram caminho para um grupo que trazia enormes catapultas.Acenderam fogo nas munições,e as lançaram com os exércitos inimigos.
    Os inimigos porém,eram muito poderosos para serem vencidos por meras catapultas,e resolveram atacar com a mesma moeda.Lançaram sobre a cidade atacada suas catapultas,incendiando o resto da cidade.

    -ESTAMOS PERDIDOS!-gritou um soldado caído no chão,sem suas pernas.

    Os soldados porém continuaram guerrilhando.O juramento de proteger aquela terra com todos seu sangue,era mais forte do que a evidente derrota.

    -LUTEM,PODEMOS VENCER!

    Continuaram lutando.De todos os lados,corpos de soldados e de civis mortos.Os que ainda viviam,lutavam contra os inimigos,que eram exímios espadachins.Vestiam uma armadura negra como a escuridão,que não deixava mostrar nenhuma parte de seu corpo.Por baixo da armadura porém,não havia humanos habilidosos,e sim montros infernais que,fortalecidos com a magia de seu senhor,conseguiam ir avançando ate a dominação completa da Terra Prateada.

    -VAMOS,LEVANTEM SUAS MOCINHAS,É ASSIM QUE QUEREM MORRER?-dizia o soldado que liderava aquela guerra.

    Os soldados atrás davam urros de dor quando atingidos pelas espadas inimigas,outro não tinham nem mais forças para lutar,mas continuavam em pé,cumprindo o juramento que fizeram ao rei daquela terra.

    -VAMOS,O REFORÇO ESTÁ VINDO,EU TENHO CERTEZA!

    -NÃO EXISTE REFORÇO CAPITÃO,NÓS,O EXERCITO DE ELITE,FOMOS DERROTADOS.PERDEMOS!

    -Exatamente.
    A arma mais poderosa do inimigo se levantara.Lox,o traidor.

    -Fujam,soldados imprestáveis!Não existe mais volta para vocês!

    E se erguia no céu,a imensa figura de um lendário dragão negro.Seus olhos eram vermelhos da cor do sangue,e vazios como o nada.As asas eram o símbolo do seu poder,assim como sua boca feroz,que cuspia fogo sobre a cidade inimiga.O dragão era tão poderoso como o dono.Encima dele,seu poderoso mestre Lox,sorria,diante da derrota inimiga.Vestia uma armadura dourada,que roubara de seu pai.Porém,todos viam seu rosto,o que ele dizia ser a face da derrota.

    -Tremam diante do meu poderoso dragão negro!

    E avançou poderoso contra aquela cidade,destruindo tudo que passava pela frente.
    E então,aconteceu.Do outro lado da cidade,se erguendo sobre a figura belíssima da lua,o Lendário dragão branco.O dragão mais poderoso,nunca visto pelos homens.um Dragão tão raro,que as história sobre ele simplesmente diziam que ele era o dragão mais poderoso,e que sua cor era branca.Não havia nenhuma informação sobre aquele estrondos animal.Seus olhos eram prateados,e tão ferozes quanto sua boca.Suas asas gigantescas mostravam o poder daquele animal.Em cima dele,um cavaleiro de armadura prateada,que brilhava a luz da lua.Hao,o filho do rei.

    (Vamos voltar ao passado,pra entendermos o futuro...)

    avatar
    zetsu789
    Fan Ficter
    Fan Ficter

    Masculino
    Número de Mensagens : 50
    Idade : 19
    Localização : Amegakure,País da Chuva
    Anime Favorito : Naruto,Death Note,Bakuman,Katekyo Hitman Reborn,Soul Eater,Saint Seiya
    Personagem Favorito : L Lawliet,Byakuran,Mashiro Moritaka,Vongola Primo,Soul Evans,Shiryu
    Data de inscrição : 08/01/2011

    Re: [Fan Fic / Aventura - Romance] Silver Knight

    Mensagem por zetsu789 em Qua 04 Maio 2011, 00:22

    Capitulo 2-O Início

    A história acontece num lugar escondido de toda terra.Num lugar a milhões de quilômetros de profundidade do mundo que conhecemos.No Mundo Enevoado.O mundo Enevoado é composto por 3 grandes continentes:A Terra Prateada,o sistema nervoso de todo Mundo Enevoado.É nesse terra que está localizado o conselho dos 3 reis.Os 3 reis são os governantes de cada terra.Exímios lutadores,são representantes escolhidos pelo povo,que de 3 em 3 meses,se reúnem na Terra Prateada para discutir os problemas de cada continente,e tentar chegar a um acordo em que todos se beneficiem.Depois da Terra Prateada,está localizado a Vila do Ouro,onde estão localizados as mais ricas minas de ouro e pedras preciosas.Os moradores dessa vila passam boa parte da vida trabalhando nas minas,embora não fiquem com tudo.60 por cento é dividido entre as terras,20 por cento é dado aos reis,e 20 por cento é dividido entre os trabalhadores.Embora pareça uma terra calma,quando se aproxima das reuniões dos reis,todos os moradores pedem para que seu rei reclame daquela divisão de bens,e todas as vezes ameaçam começar uma rebelião contra os reis,pois são pessoas preparadas para guerra.Ótimos espadachins,lanceiros,estrategistas.A maioria dos soldados de elite nasceu na vila do ouro.E por último,o continente localizado entre a Terra Prateada,e a Vila do Ouro,está o Cânion da Névoa.E é aqui que nasceu o grande guerreiro,Hão.O Cânion da Névoa é o lugar mais protegido de toda Mundo Enevoado.De um dos seus lados estão as Cadeias Montanhosas conhecidas como Vale da Morte.Dizem que é nesse temível lugar que os dragões mais poderoso habitam,incluindo o lendário Dragão Negro,e diz a lenda que um poderoso Dragão Branco habitava aquele lugar.Que o barulho dos trovões eram na verdade seus poderosos rugidos,e que as avalanches eram provocadas pelos seus passos.As montanhas desse lugar são cobertas da neve mais pura já vista no mundo,e nos pés da montanha existe um bosque tão bonito como o próprio céu.E do outro lado se encontra o temível Rio da Juventude.Dizem que se você entrar no rio no dia em que os planetas se alinharem,você terá a juventude eterna.As pessoas também não se atrevem a tentar entrar no rio,porque suas correntezas já levaram inúmeras pessoas a morte,e dizem que no centro do rio,existe um redemoinho que nunca para,e de dentro dele sai um canto tão belo,que aqueles que o ouvem,são atraídos diretamente para a morte.O redemoinho porém,também nunca foi visto,pois sua localização é exatamente,no mar,aonde o rio desemboca.O Cânion da Névoa é um lugar perigoso,mais muito belo.Dentro dele existem inúmeras vilas de proporções menores,onde as pessoas vivem felizes,sabendo que estão protegidas.O problema é que,o Cânion Da Névoa se encontra entre dois continentes rivais,e,se um dia eles entrassem em guerra,o Cânion Da Névoa seria seu campo de batalha.Naquele lugarzinho,protegido pela própria natureza,se encontrava Hao,o filho perdido do rei.

    -Psiiiu,silêncio vermes,seremos encontrados!

    -Relaxe Hao,nos somos os melhores,eles vão perdem!

    -Não importa!Não queres que esta sejas mais uma derrota para nos,queres?

    -É claro que não!E não fale como um diplomata,dessa maneira cordial.Somos apenas garotos esquecidos
    pelas outras terras,entende?

    -Sim,é claro.Mas agora cale a boca!

    Fizeram silencio.Os 5 garotos estavam escondidos em um grande buraco no meio da floresta.Estavam brincando como sempre faziam.Brincando de batalha.O maior sonho daqueles garotos era combater.Era se tornarem grandes soldados,para protegerem o rei de sua terra.Quer dizer,era o sonho de Hao e de seu irmão Lox.Os outros garotos brincavam por mera diversão,e admiração ao dois maiores guerreiros.Naquele buraco se encontrava Hao,e seus 5 amigos combatentes.Armados com pequenas espadas e lanças de madeiras.Aprenderam desde cedo a combater,e Hao se destacara como grande espadachim.No outro time,seu irmão Lox e seus 5 companheiros.Todos voltados para a magia.Aprenderam desde cedo a se comunicar com a natureza,e usar magia.Uma batalha um tanto interessante,Cavaleiros contra Magos.

    -Eles devem estar por aqui...-dizia Lox passando por perto do buraco onde os inimigos estavam escondidos.

    -Não vejo nada.

    -Eu também não Lox.

    -É claro que não vem,vocês não sabem prestar atenção em nada.
    Parou bruscamente.

    -Escuto ruídos.Fiquem em posição de batalha!Rápido!

    Os garotos ficaram alertas a qualquer ruído,todos com suas varinhas na mão.Lox,com seu pequeno cajado mágico,que ganhara de sua mãe.

    -APAREÇA HAO! SEI QUE ESTÁ POR AQUI!NÃO VAI SE ESCONDER PRA SEMPRE!

    -ATACAR!!!-gritou Hao para seus companheiros,e saíram ao encontro do inimigo.Pararam de frente para eles.

    -Ora ora,Lox,sua percepção melhorou e muito.

    -Imagine irmão.Quais são suas ultimas palavras antes de te derrotarmos?

    -Não chore quando eu te arrebentar,está bem?

    -Farei engolir suas palavras,seu insolente.Ao Ataque magos!

    E começará.Os pequenos magos avançaram com fúria para os cavaleiros.Estes porém,esperavam o inimigo com calma.Hao os ensinara a ter sangue frio.Os magos,conjuravam pedras e galhos e os lançavam contra os inimigos.Estes,os defendiam com as espadas e lanças,uma hora ou outra sendo atingidos no rosto por pedras.

    -AO ATAQUE CAVALEIROS!

    Estes avançaram contra os magos com igual fúria.Atacavam-nos sem piedade,como se fossem mesmo inimigos.Os magos se protegiam com seus pequenos escudos mágicos,feitiços de batalha que haviam aprendidos para ocasiões de lutarem contra cavaleiros.Conjuravam também pequenas espadas mágicas que movimentadas pela suas varinhas,lutavam com os inimigos.Pouco a pouco,os magos iam sendo desarmados e rendidos,e os cavaleiros iam sendo derrubados pelas espadas mágicas,e pelo cansaço de lutar contra algo mágico.Até então,restarem Hao e seu amigo Jin,Contra Lox e seu amigo Ido.

    -Então vejo que Jin está melhorando hein Hao?Tem ensinado seus truques a ele,a esse mero fedelho?

    -Como ousa falar assim comigo,seu mago de araque?-berrou jin.

    -Vou lhe ensinar a não insultar seus oponentes.

    E lox levantou seu cajado,e fez com que os galhos no chão se tornassem cobras,que prenderam Jin no chão.

    -EI LOX!PARE COM ISSO,É APENAS UMA BRINCADEIRA!

    -Voce tem que entender irmãozinho,que não existe essa coisa de brincadeira.A luta é sempre séria.

    -VOCE VAI PAGAR POR ISSO LOX!

    E avançou furiosamente contra Lox.Ido porém entrou na frente para proteger Lox,mas Hao simplesmente deu lhe uma rasteira,e tomou-lhe a varinha.
    -Agora somos so nos dois Lox!Tente me vencer,se for capaz.
    E começaram.Lox conjurou uma pequena espada que começou a batalhar contra Hao.Esse porem era mais habilidoso e logo destruía a espada encantada.Hao conhecia os segredos da magia,e sabia que se Lox não se mantivesse concentrado,a espada sumiria.Então em intervalos de tempos irregulares,Hao lançava golpes contra o próprio Lox,que o faziam ter que se esquivar,fazendo a espada desaparecer.E continuou assim,ate Hao derrubar Lox,com um golpe certeiro em seu peito.A magia que prendia Jin sumiu,e os cavaleiros deram um brado de vitoria.

    -Acabou,Lox.Vamos para casa.

    -NÃO!NÃO IREI PERDER PARA VOCÊ HAO!NUNCA MAIS.

    Ouviram um barulho de palmas vindo de trás de uma arvore.

    -Brilhante,sinceramente,brilhante.

    E de trás da arvore saiu um velho.Suas barbas e cabelos longos eram escuros como a noite.Usava um manto também preto,e seus olhos eram vazios.

    -Quem é você?-disse Hao correndo para frente de Lox,afim de protege-lo,se o desconhecido apresentasse perigo.

    -Eu sou Livon.Eu estou atrás de um aprendiz,e você garoto Hao,você tem o perfil completo.

    -O que você quer dizer?

    -Largue essa cidade pobre e medíocre para se juntar a mim.Juntos conquistaremos todo Mundo Enevoado.

    -JAMAIS!COMO QUER QUE EU DEIXEI MINHA FAMILIA,MEU IRMÃO E MEUS AMIGOS,PARA IR ME JUNTAR A VOCÊ?VOCÊ É REPUGNANTE!
    E cuspiu nos pés do velho.

    -Eu irei.

    -O QUE?!-berraram todos diante da afirmação de Lox.

    -Eu já disse.Irei com você Livon.

    -Ora,vejo nos seus olhos a ambição garoto.Voce também tem o perfil que eu desejo.Venha comigo.Juntos,farei de você o grande rei de toda essa terra.

    -LOX,POR FAVOR,NÂO FAÇA ISSO!E QUANTO A MIM E A MAMÃE?

    -Vocês são fracos.Se eu ficar com vocês,nunca serei poderoso,nem poderei realizar meus sonhos.

    Hao ficou chocado ao ouvir aquelas palavras.Se ele não estivesse ali,não acreditaria que seu irmão mais velho,a quem sempre vira como um espelho,a quem sempre quisera proteger,mesmo sendo mais novo,estaria falando isso.

    -Vamos garoto,temos um mundo para conquistar.

    O velho então estalou os dedos,e os dois desapareceram.Hao caiu de joelhos na grama,as lágrimas pingando de seu rosto sujo de terra da batalha.

    -Meu irmão...Ele se foi.

    Fim do Capitulo 2
    avatar
    zetsu789
    Fan Ficter
    Fan Ficter

    Masculino
    Número de Mensagens : 50
    Idade : 19
    Localização : Amegakure,País da Chuva
    Anime Favorito : Naruto,Death Note,Bakuman,Katekyo Hitman Reborn,Soul Eater,Saint Seiya
    Personagem Favorito : L Lawliet,Byakuran,Mashiro Moritaka,Vongola Primo,Soul Evans,Shiryu
    Data de inscrição : 08/01/2011

    Re: [Fan Fic / Aventura - Romance] Silver Knight

    Mensagem por zetsu789 em Qua 11 Maio 2011, 18:33

    Capitulo 3 – A Profecia

    O vento soprava com força.A chuva forte que caia deixava a floresta completamente molhada.Os passos na grama faziam com que a água das poças espirrasse para todos os lados.Eles caminhavam lentamente,encharcados pela água das chuvas.O barulho dos trovões iluminava aquela floresta escura.Caminharam até os portões da cidade.Os pais,angustiados pela demoras de seus pequenos filhos guerreiros,esperavam no portão,alguns com livros,outros com capas para protegê-los da chuva.

    -Lá estão eles! – Gritou um dos soldados que vigiava os portões de entrada
    para o Cânion da Névoa.

    -Estamos bem.-disse Hao cabisbaixo.

    Os pais vieram correndo ao encontro de seus filhos.

    -Porque demoraram tanto?-perguntou o pai de jin.

    -Por onde andaram?-disse o pai de Ido.

    Os pais abraçavam os filhos,e tiravam suas próprias capas para cobri-los da chuva que continuava,incessante.Mas,ainda encostada nos portões da cidade,estava uma mulher de cabelos brancos como neve,e olhos azuis como o mar.Era muito jovem e bela,e encantava todos com sua simpatia e seu sorriso.Porém naquele momento,estava pálida,tristonha.Era a mãe de Hao.O garoto se afastou dos outros garotos,que continuavam sobre o afago de seus anciosos pais,e arrastando a espada lentamente,se encaminhou em direção a mãe.Neste momento,todos pararam para observar Hao.

    -Onde está seu irmão Hao?-disse a mãe carinhosamente,mas com angustia
    na voz.

    -Ele se foi mãe.

    E contou tudo que havia acontecido.

    -Eu sabia que esse dia chegaria.-disse a mãe,com a voz serena de sempre,mas Hao pode ver a lágrima escorrer pelo seu belo rosto.

    -Como assim mãe?-disse Hao,ancioso por uma resposta.

    -Venha comigo Hao,vamos pra casa.Está frio,e não quero que você fique doente.Amanhã será um grande dia pra você.Em casa eu lhe contarei tudo.Vamos.

    E saíram junto aos outros caminhando lentamente pela cidade.O cânion da névoa era um lugar não muito grande,mas sua beleza era incomparável.As casas simples eram muito belas,e tinham um ar enorme de conforto.Aquele lugar era um paraíso.Lina,o nome da mãe de Hao,e seu filho,caminharam ate a porta da casa.Uma casa muito bonita,com as paredes pintadas de azul e branco com uma frase preta escrita na porta. “ Começais aqui,e terminaras no trono dos reis”.Hao e Lox nunca haviam entendido essa frase.

    -Entre filho,vou pegar uma toalha pra você se secar.

    A casa por dentro tinha as paredes douradas,que refletiam a luz da lareira perto das duas poltronas cinzas,dando a casa uma iluminação mais que perfeita.No meio da sala havia um mesinha aonde estava um foto de Hao,Lox e sua mãe.Havia alguns quadros na parede,pintados por alguns amigos de Lina,que eram exímios pintores,e retratavam dragões e cavaleiros lutando contra seus advesários.Em outro havia uma floresta,um velho,várias crianças.E no último havia um mago vestindo uma reluzente armadura dourada,montando um terrível dragão negro,e no último um cavaleiro com uma espada dourada,que reluzia a luz da lua,uma armadura prateada,montando um criatura que Hao so ouvira falar nas lendas contadas por sua mãe.O lendário dragão branco.Ele se sentou na poltrona perto a lareira,e viu sua mãe chegar com a toalha.

    -Pegue meu filho.

    Ele pegou,e começou a se secar.

    -Agora,você já tem maturidade o suficiente para saber a verdade sobre
    você e seu irmão.

    -O que?Do que está falando mãe?

    -Da profecia..A história contada por aqueles quadros ali na parede.A história dos 2 irmãos.
    avatar
    zetsu789
    Fan Ficter
    Fan Ficter

    Masculino
    Número de Mensagens : 50
    Idade : 19
    Localização : Amegakure,País da Chuva
    Anime Favorito : Naruto,Death Note,Bakuman,Katekyo Hitman Reborn,Soul Eater,Saint Seiya
    Personagem Favorito : L Lawliet,Byakuran,Mashiro Moritaka,Vongola Primo,Soul Evans,Shiryu
    Data de inscrição : 08/01/2011

    Re: [Fan Fic / Aventura - Romance] Silver Knight

    Mensagem por zetsu789 em Qua 18 Maio 2011, 21:32


    Silver Knight

    Capitulo 4 – O Treinamento

    -Como assim mãe?Que profecia é essa?-perguntou Hao,completamente confuso.

    -Meu filho.Perdoe sua mãe ao ouvir essa história.Achei que esse dia nunca chegaria,mas estava errada.Achei que era apenas uma lenda boba,mas não era.

    -Mãe,do que diabos a senhora está falando?

    -Bom meu filho,-disse a mãe,sentando-se num poltrona ao lado do filho.Estava pálida.-A história começou com seu pai.Seu pai,é um dos 3 grandes reis.

    -Me...meu pai é um rei?-disse Hao,com os olhos baixos,o rosto pálido também.

    -Deixe eu terminar Hao.Seu pai é um dos 3 grandes reis,o rei do Cânion da Névoa.Durante uma das reuniões na Terra Prateada,eu fui até lá para pedir ajuda para os reis.Meus pais estavam passando fome e eu precisava de ajuda.So que eu acabei me apaixonado perdidamente por um dos reis,e quando voltei ao Canion da Nevoa,ele voltou comigo.Eu achava que minha vida melhoraria drasticamente apartir dai,mas não.Quando chegamos aqui,seu pai resolveu ir para o Vale da Morte com seu mestre,dizendo que iria domar o lendário Dragão Branco.Porém,ao voltar,seu pai estava muito ferido,pois fora atacado por um Dragão Negro,ao se abrigar em uma caverna.Seu mestre disse que em dentro de 5 dias,ele morreria,pois o veneno existente nas garras do dragão negro não poderia ser curado,pois já havia penetrado muito fundo em seu corpo.O rei então decidiu ir a Terra Prateada para nos casarmos,pois ele queria que eu herdasse sua herança.Demoramos 2 dias para chegar,nos casamos e tivemos nossa lua de mel.No quarto dia,o mestre dele nos levou para um ancião que pediu urgente que nos fossemos ate ele.O velho então conto que havia tido uma visão:

    “Voce rei,deixara uma grande herança para o mundo.Esta mulher que você desposara,dara a luz a 2 crianças cheias de poder.elam cresceram seguindo os conceitos e os valores dados por essa moça.Voce moça,dara a luz a essas 2 crianças e terá que aplicar nelas os valores deixados por este rei.Elas cresceram seguindo esses valores,porém,quando completarem 14 anos,elas passaram a seguir seus próprios caminhos.Um deles escolhera seguir a luz,e o outro as trevas.Eles se enfrentaram,e um deles decidira ir em busca da conquista de todo esse mundo.Mas,a luz sempre prevalecera,se você aplicar nele os valores corretos.Eles lutaram novamente,porém,não há como saber o resultado disso”

    Depois de ouvir esta profecia,o rei deixou para mim 2 bens preciosos.Uma armadura dourada que fora forjada aos pés de um poderoso vulcão,e um medalhão prateado com um pingente em forma da asa de um dragão.Assim o rei partiu,me deixando novamente sozinha,e com um tortuoso caminho pela frente.
    Hao ouviu aquela história com atenção.Lembrou-se do passado,do trabalho que fora para sua mãe criar ele e seu irmão,mas nunca os deixara serem maldosos,desrespeitarem,etc.Sempre os ensinara que a bondade era a coisa certa,e ponto final.E agora,seu irmão escolhera a ganância,a ambição.Hao,sentiu as lágrimas escorrerem por seu rosto,e então abraçou sua mãe.

    -Calma meu filho,não chore.

    Mas Hao deixou suas lágrimas caírem.Esvaziou-se de todo e qualquer pensamento e sentimento inútil por meio daquelas lágrimas.O choro durou muitos minutos.Depois se afastou,enxugando as lágrimas.

    -Bom meu filho.Agora sua história se iniciara realmente.

    -Como assim mãe?

    -Seu treinamento.Seu irmão partiu em busca da conquista de nossa
    terra.Voce não pode permitir isso.

    -Mas como?Quem ira me treinar.

    -Ele.

    E encostado num canto da parede,saiu da sombras um homem jovem,de cabelos escuros,olhos verdes,e uma áurea de um grande guerreio.

    -Este é seu treinador,Mestre Vrael.

    -Olá rapaz.

    -Olá,mestre.

    -Oras,o rapaz tem boas maneiras.Gosto disso.Então,vamos?

    -Como assim vamos?

    -Arrume suas malas garoto.Partiremos em 1 hora para iniciar seu
    treinamento.

    -Entao ande meu filho,um logo caminho o aguarda.-disse a mãe,empurrando o filho escadas acima,para arrumar suas coisas.

    Hao subiu as escadas,e foi ate seu quarto.Estava completamente arrumado como deixara antes de ir ate floresta.Foi até a cômoda perto da janela,tirou todas as suas roupas e as colocou em uma mochila.Pegou também alguns livros sobre esgrima,uma capa de chuva,algumas chinela velhas,sua espada companheira e uma foto de sua mãe,seu pai e seu irmão.Hao olhou para seu irmão naquela foto,enojado pela criatura que este havia se tornado,então resgou a parte de seu irmão da foto,enfiou a foto na mochila e desceu as escadas dizendo:

    -Estou pronto.

    -Então vamos indo,a viagem é longa,e seu treinamento começa assim que
    passarmos a soleira da porta.

    -Como assim?-perguntou confuso

    -Bem,resistir a condições climáticas extremas e uma das partes do
    treinamento.Treinaremos na chuva,na neve,na nevoa,no sol escaldante do deserto e nas floresta.E veja,a tempestade que se aproxima é perfeita para você aprender a combater cego pela força da água da chuva,com as roupas ensopadas que diminuirá sua velocidade,e com perigo de tomar um escorregão a qualquer minuto.
    Hao virou-se,e abraçou sua mãe novamente.

    -Vá meu filho,esta tudo em suas mãos.

    Tirou então do bolso um pequeno medalhão prateado com um pingente com asas de dragão.

    -Tome meu filho,a herança de seu pai.Use-a com sabedoria,ela será muito útil.

    Obrigado mãe.

    E dizendo isso,virou-se para o homem que já esperava na porta,com sua capa de chuva.

    -Voce não disse que treinaríamos na chuva?

    -Eu disse que você treinaria garoto.Acha que eu pegaria chuva por causa de aluno?

    -Nossa,você e tão gentil.-disse irônico.

    E assim passou pela porta para cumprir seu destino.Em busca da vitória sobre seu irmão.Em busca da paz para sua terra.

    Caminharam lentamente pelas ruas encharcadas e desertas.Seu corpo pesava,seus pés doíam,mas ele não resmungava.Continuava a caminhar como se sua vida dependesse disso.A chuva batia sobre seu corpo como uma adaga cortando sua face.Dor.A água estava lhe causando dor.Chegaram então a uma floresta encharcada pela chuva.

    -Chegamos garoto.Nossa primeira parte do treinamento é,entendimento e meditação.

    -Explique-se.

    -Ali a frente tem um clareira,onde a chuva está mais forte.Vamos.

    Andaram um pouco,e sentaram no chão da clareira.

    -Agora vamos ao entendimento.O seu treinamento garoto,consiste em 2 em duas partes de treinamento.Uma parte esgrima,outra parte magia.

    -Vou aprender magia?

    -Vou tentar te ensinar.Nao vejo em ti uma áurea muito grande,mas é suficiente pra aprender feitiços básicos,e quem sabe alguns feitiços de batalha.Bom,depois garoto,vamos continuar cumprindo a profecia.-sua voz ficou mais séria-Temos que encontrar 3 coisas antes que você possa vencer.A armadura de Shaonin,A lendária espada dos céus,e o dragão branco.

    -Então,o dragão branco existe mesmo?-disse o garoto lotado de ansiedade e curiosidade.

    -Existe,e você ira doma-lo.Afinal,você é o guerreiro da profecia,e ela diz que ao guerreiro será dado o dragão mais poderoso.

    -E você pode me contar sobre ele?

    -Não,você vera com seus próprios olhos.Agora vamos a meditação,a primeira coisa que vou te ensinar envolverá mágica e esgrima.Quero que pegue sua espada e coloque-a no colo.

    E assim Hao fez.

    -Agora,quero que,mesmo em meio aos ventos e barulhos da chuva,você se concentre.Se esvazei de tudo e de todos,e então foque toda sua energia em sua mão.Depois tente encantar sua espada,para fortalece-la.Comece!

    E Começara.O treinamento de Hao que iria decidir tudo.O futuro de todo um mundo estava nas mãos daquele garoto.
    avatar
    zetsu789
    Fan Ficter
    Fan Ficter

    Masculino
    Número de Mensagens : 50
    Idade : 19
    Localização : Amegakure,País da Chuva
    Anime Favorito : Naruto,Death Note,Bakuman,Katekyo Hitman Reborn,Soul Eater,Saint Seiya
    Personagem Favorito : L Lawliet,Byakuran,Mashiro Moritaka,Vongola Primo,Soul Evans,Shiryu
    Data de inscrição : 08/01/2011

    Re: [Fan Fic / Aventura - Romance] Silver Knight

    Mensagem por zetsu789 em Qua 01 Jun 2011, 22:37

    Capitulo 5 – As Chaves

    O silêncio reinava naquele lugar.So ouvia-se o farfalhar das folhas agitadas pelo vento,e o pio distante dos pássaros.A grama estava completamente molhada,mas já não chovia.O cheiro de grama molhada dava um ar tranqüilo para aquela floresta.Na clareira,Hao estava sentado de olhos fechados.Os raios de sol iluminavam seu rosto,mas ele nem se mexia,a concentração era quase que absoluta.Deitado sobre seus braços,a espada de madeira brilhava fortemente,Hao havia conseguido encantar a espada.

    -Bravo,muito bem garoto.-disse Vrael se aproximando – Você consegui fortalecer sua espada novamente.Fez um grande progresso.Começou a 1 semana e já alcançou esse nível.Receio porém,que esse será a única magia que conseguirá usar.

    -Porque?-disse Hao confuso-Disse que eu poderia aprender alguns feitiços de batalha.

    -Garoto,eu disse.Mas veja,sua áurea mágica está completamente esgotada com esse feitiço.Realmente,estou muito impressionado,você conseguiu alcançar um nível bem avançado desse feitiço em uma semana,mas devido ao desgaste,se você continuar com o encantamento,você vai morrer.

    Neste momento,toda concentração de Hao foi quebrada,e o feitiço acabou.

    -Bom garoto,agora o que nos resta,e treinar suas habilidades de combate.Voce é forte,mas nem chega aos pés do poder que seu irmão terá treinando com as artes negras.

    -Olha,meu irmão não é mais forte que eu.Eu posso derrota-lo agora mesmo!-disse Hao irritado.

    -Sim,mas isso não vai durar pra sempre.Logo seu irmão será consumido pela energia negra,e seu poder se multiplicara muitas vezes mais.Voce também precisa se fortalecer.Agora vamos lá,a primeira lição de combate é...

    E Hao começa seu treinamento de combate.Era verdade que o garoto era habilidoso na esgrima,e que com a espada fortalecia,seu poder se multiplicaria varias vezes,mas Lox também estava treinando.A magia negra era uma arte muito complicada e poderosa de se aprender,por isso,havia sido proibida.Dependendo do nível de magia que o usuário usar,a magia pode controla-lo pra sempre.Lox porém,era forte,e seria difícil da magia controla-lo.Porém,os estudos dele iriam alem da magia negra avançada.Iriam até seu limite,a Pedra dos 2 Caminhos.

    (2 anos depois...)

    Novamente,a floresta.A chuva caia fortemente,mas era o único barulho existente.Nenhum rastro de vida humana,ou animal.So a chuva.
    Uma sombra...
    O vento começa a soprar fortemente.As folhas das arvores balançam tão fortemente que dão a impressão de que caíram todas de uma vez.
    Outra sombra...
    O vento continua forte,soprando a chuva em diferentes direções.
    Um barulho...
    Duas espadas se chocam,e rapidamente somem novamente nas arvores.Sua velocidade é tão impressionante que so se vêem sombras.
    Outro choque...
    A luta se inicia.Com uma velocidade inacreditável,dois guerreiros batalham incessantemente sobre a chuva forte.So se vêem suas sombras,e o barulho de suas espadas.Eles se escondiam atrás das arvores,e voltavam a se atacar,ao mesmo tempo,como clones idênticos.Mas,num momento de descuido,a espada de um deles sai voando para longe.

    -Muito bem,Hao.

    -Hehe,fui bem não foi mestre?
    E saindo de trás das arvores,aparecia a figura de um homem.Hao.

    -Hehe mestre,você está ficando velho.-disse Hao sorrindo.

    -Não fique falando asneiras Hao,senão corto sua cabeça-disse Vrael.
    Os dois então sentaram-se na mesma clareira de sempre.Haviam se passado 2 anos desde que Hao iniciara seu treinamento de combate.Agora chegava a hora de seguir seu destino,e enfrentar seu irmão.A floresta continuava idêntica a antes.As arvores grandes que escondiam quase todo céu,a mesma grama molhada e cortada,a mesma clareira.A chuva continuava,com sempre,incessante como uma tempestade.Os dois guerreiros poré,haviam aprendido a conviver com a chuva,e não se incomodavam.Sentavam-se na clareira,encostados nas pedras,escutando o barulho das gotas de chuva que caiam sobre a grama.

    -Bom garoto,já faz 2 anos que começou a treinar.Você se fortaleceu
    bastante,amadureceu.-disse Vrael olhando com certa admiração para Hao.

    Hao respondeu com um sorriso.

    -Receio porém Hao,que seu irmão também passou esses 2 anos treinando.

    O sorriso de Hao desapareceu.

    -Mestre,e agora?

    -Bom Hao,eu lhe ensinei tudo que sei.Voce se tornou um grande espadachin.Suas habilidades são muito elevadas,você tem uma força gigantesca e sua velocidade é impressionante.Porém,isso não será suficiente contra um mago negro poderoso.

    -Então,porque tive que encarar esse treinamento?-disse Hao confuso,e irritado.

    -Voce na entendeu.Suas habilidades são completamente suficientes,porém,você ainda não é um guerreiro completo.

    -Como assim velho,seja direto!

    -Veja Hao.Um grande guerreiro é formado de 2 coisas.A primeira são suas habilidades em combate,e isso você tem de sobra.Porém,você não pode aproveitar o máximo da suas habilidades com uma espada de aço comum e roupas velhas.E é por isso que agora,vamos atrás das 3 chaves.

    -Chaves?

    -Isso.Bom Hao,durante esses 2 anos você aprendeu muitas técnicas de combate.Voce criou seu próprio estilo de combate com a espada,e isso será uma grande vantagem,pois é um estilo desconhecido.Agora Hao,tenho que te explicar uma coisa.Há 2 anos,seu irmão iniciou o treinamento de magia negra.Neste momento ele deve estar recebendo os últimos ensinamentos sobre a magia negra,e partira na mesma busca que nós.Seu irmão tem uma capacidade de alto-controle muita forte,e por isso deve ter dominado a magia negra de maneira tão poderosa,que ele já deve ser capaz de feitiços que você nem imagina que sejam possíveis.

    Hao ouvia no silencio.Não sentia medo,não sentia ódio.Simplesmente,não
    sentia nada.

    -Agora Hao,temos que ir atrás de 3 coisas.Com elas,você poderá elevar suas habilidades ao máximo.Precisaremos primeiro,encontrar sua armadura.

    -Armadura?Mas eu não preciso de armadura velho!

    -Precisa sim.A não ser que queira morrer atingido por uma simples flecha de um soldado inimigo qualquer.

    -Não,é claro que não...

    -Pois então precisa de uma armadura.A armadura mais perfeita.A armadura
    de Shaonin.

    -Armadura de Shaonin?Mas que diabos é isso?

    -Bem,a armadura de Shaonin é a armadura mais resistente que existe.A história diz que no passado,no Egito,existiu um grande faraó.Ele era um combatente ,e adorava isso.Lutou em todas as guerras,e ganhou todas.A ele foi dado uma armadura feita de aço branco,o aço mais resistente,que era encontrado as margens de um rio secreto.Com essa armadura,o imperador era praticamente invencível.Porém,um dia,um de seus soldados durante um grande combate,foi subornado pelo general inimigo,para que durante a noite,matasse o faraó,e assim ele lhe daria grandes reinos.O soldado,fissurado pela idéia de ser um grande governante,resolveu aceitar.Durante a noite,ele aproximou-se da barraca do faraó,que dormia usando a armadura.O soldado então,pegou a própria espada e cortou a cabeça do faraó.Nesse momento,o sangue do faraó,começou a escorrer pela armadura.O sangue dele porém,era diferente.Era prateado.A armadura,revestida do sangue de um guerreiro de coração tão puro,tornou-se prateada,e sua resistência foi aumentado 10 vezes mais,e seu peso diminuído,até que tivesse o peso de uma pena.O sangue do faraó porém,revoltado,devorou o soldado que o traíra.E assim surgiu a armadura de Shainon.

    -Nossa,que história...-disse Hao concentrado.

    -Exato.E é dessa armadura que você precisa Hao.

    -Mas como vou encontra-la.

    -Bom,a lenda diz que os deuses pegaram a armadura e esconderam no fundo do rio de onde foi forjada.E nos vamos para la.

    -Bem,so tem um problema.Como vamos chegar no Egito a pé?

    -Com ajuda de um amigo meu hehe.Venha Ca,Kym!

    E descendo sobre as folhas,apareceu uma das criações mais perfeitas da natureza.Um dragão.Um dragão verde,enorme e lindo.As gotas de água que escorriam sobre sua pele lhe davam um brilho lindo.Hao viu ali pela primeira vez,uma das criaturas mais belas do mundo.Um dragão.
    avatar
    zetsu789
    Fan Ficter
    Fan Ficter

    Masculino
    Número de Mensagens : 50
    Idade : 19
    Localização : Amegakure,País da Chuva
    Anime Favorito : Naruto,Death Note,Bakuman,Katekyo Hitman Reborn,Soul Eater,Saint Seiya
    Personagem Favorito : L Lawliet,Byakuran,Mashiro Moritaka,Vongola Primo,Soul Evans,Shiryu
    Data de inscrição : 08/01/2011

    Re: [Fan Fic / Aventura - Romance] Silver Knight

    Mensagem por zetsu789 em Sex 29 Jul 2011, 19:30

    Capitulo 6 – A Perigosa Viagem
    Hao olhou para aquela fantástica figura da natureza totalmente espantado.Era a criatura mais bela que já tinha visto.O dragão Kym,tinha o aspecto feroz,como um leão,mais era dócil com um gato.Se aproximou de seu dono,abaixou a cabeça,e se deixou ser acariciado por Vrael.

    -Ora,mas que manhoso você Kym –disse vrael sorrindo e acariciando seu pequeno dragão

    -Nossa,ele é lindo.-disse Hao ,ainda pasmo

    -Ora Hao,não se preocupe,você também terá um dragão.Aliás,você terá o dragão mais poderoso.Mas,não vai ser fácil consegui-lo.

    -Eu tenho certeza que não.E então,vamos?Eu estou louco pra voar num dragão!
    Vrael começou a rir escandalosamente.

    -Não entendi a piada.-disse Hao confuso.
    Vrael parou de rir.

    -Voce acha que é tão fácil assim?Um dragão não deixa qualquer um montar nele,seu moleque.E o Kym ainda é mais rígido.

    -Como assim?!

    -Hehe,meu querido Hao.Kym é um dragão verde,e os dragões verdes são os mais leais,obedientes,e fáceis de domar e treinar.Quando domado,um dragão verde so obedece seu dono,e so permitem serem montados por seu dono.São leais,obedientes,e so se tornam amigos de outras pessoas se os donos permitirem.Resumindo,ele não vai deixar você montar nele.-disse Vrael com um sorriso maldoso no rosto

    -MAS ENTÃO,COMO VOU CHEGAR ATÉ O EGITO?!

    -Digamos que você vai...amarrado.

    -Amarrado?Como assim?

    Hao se arrependeu de perguntar.Vrael,se divertindo muito,pegou uma velha corrente,e apontou para a barriga de Kym e depois para a barriga de Hao.

    -Isso responde sua pergunta,Hao?

    -VOCE TA MALUCO,SEU VELHO IDIOTA?COMO É QUE EU VOU ATE O EGITO AMARRADO NA BARRIGA DE UM DRAGÃO?!

    -É fácil,eu amarro a corda nele,amarro em voce,monto nele e dou partida hehe.

    -SEU VELHO IDIOTA,E SE EU BATER EM UMA MONTANHA,E ME ESBORRACHAR TODO?

    -Isso não vai acontecer.Kym é um exímio motorista hehehe.A não ser que ele decida te fazer bater em uma montanha,pois assim,não tem como impedi-lo.

    -Aaa claro,agora me sinto totalmente seguro.

    -Na verdade,você não está seguro.Essa corrente aqui é um pouco velha,e pode quebrar a qualquer momento durante a viagem,principalmente porque iremos voar a uns 300 kilometros por hora.Eis então a solução,você vai ter que passar a viagem toda fortalecendo a corrente com magia arcana.A magia vai impedir de a corda quebrar,e você vai estar seguro.

    -Mas Vrael,magia arcana não é tão fácil de ser produzida,ainda mais pra mim!E ela requer extrema concentração,e eu não vou conseguir me concentrar se estiver vendo enormes montanhas na minha frente,e eu quase batendo em uma delas.

    -Eu pensei nisso também hehe.

    E colocou uma venda sobre os olhos de Hao.

    -Pronto,agora você não vai enxergar nem mesmo se quiser.Essa venda esta encantada,por isso,ela não ira cair,e você não pode tira-la até chegarmos ao nosso destino.Está pronto?

    -E eu tenho escolha?

    -Não.Agora se fique parado enquanto eu amarro a corda.
    Vrael amarrou a correntea na barriga do dragão e depois na barriga de Hao.Colocou a venda sobre os olhos de Hao,e montou no dragão.

    -Pronto garoto?

    -Espera so um pouco enquanto me concentro.
    Hao juntou a palma das mãos,e começou a se concentrar.Uma áurea dourada emanou de seu corpo e cobriu toda superfície da corrente.Vrael,que observava atento em cima do dragão,virou-se,e levantou vôo.
    E começará.No momento em que o dragão subiu veloz como um torpedo em direção ao céu,Hao sentiu seus pés deixarem o chão e seu estomago embrulhar.Sabia que estava voando,e tinha a sensação de cair a qualquer momento.Tentava se concentrar ao máximo,porque seu desejo de viver era maior que seu medo de estar voando.

    -Tudo bem ai garoto?

    -Cale a boca e se concentra no caminho,velho idiota!-gritou o garoto tentando não perder a concentração.

    Por um lado,Hao,não achou a experiência tão ruim,pois sentia que sua habilidade arcana estava se ampliando,mas,vendo isso acontecer,ele acho que Vrael não tinha dito a verdade quando disse que Kym não poderia leva-lo,mas não quis discutir com o mestre.Continuou a se concentrar.
    Passadas algumas horas.

    -Garoto,você está bem ai ? Já estamos chegando! –Gritou Vrael de cima do dragão.

    -Claro,está tudo bem....

    A cabeça de Hao pendeu para o lado.Ele havia dormido.

    -Droga! GAROTO,ACORDE!!

    Nenhuma resposta.Hao estava totalmente esgotado.A corrente então,foi perdendo o brilho dourado,até voltar a ser a velha corrente,e então,quebrar.

    -DROGA! KYM,MERGULHE!

    O dragão,fez um parada brusca e mergulhou em alta velocidade.300,400,500 kilometros de velocidade.Vrael olhava atento,assistindo o garoto cair.

    -KYM,SEGURE-O!

    O dragão continuou mergulhando atrás do corpo do garota,esticou a pata,pegou-o e colocou em suas costas do lado de Vrael.Nesse momento,Hao acordou.

    -O,o que houve?-disse ainda vendado

    -Voce quase morreu.Espere,vou liberar a venda.

    Estalou os dedos,e a venda caiu.
    -Voce me deu um belo susto rapaz,pensei que você ia...

    -VRAEL,CUIDADO!-Berrou Hao apontado para frente.

    Vrael berrou desesperado!

    -KYM,CUIDADO!

    O dragão desviara.Destraído com a conversa,quase batera em uma enorme montanha.

    -Ufa,essa foi por pouco-disse Hao,aliviado.

    -Bom,pelo menos estamos chegando.

    Voaram mais alguns minutos,até que Vrael mandou Kym pousar em um enorme deserto.Desceram do dragão,aliviados pelo fim da viagem.

    -AAAH,Finalmente terra firme! – gritou Hao

    -Não reclame garoto,você teve um vôo de primeira classe.

    -Primeira classe so se for pra você,que não foi amarrado em um dragão.

    -Não reclame,eu poderia ter feito você vir andando.

    -Voce pelo menos podia ter arrumado uma corrente descente!

    -E você acha que eu tinha tempo pra arranjar uma corrente boa,so porque o preguiçoso do meu aprendiz não queria ter o esforço de fortalecer a corrente?!

    A discussão foi parada pelo rugido de Kym,apontando pra uma velha pirâmide dali a alguns quilômetros.

    -É lá garoto.Dentro desta pirâmide,está guardado o rio,que por sua vez guarda a armadura.Mas a armadura so vai poder ser retirada,se você passar no teste.

    -Que tipo de teste?

    -Não faço a mínima idéia.Nenhum guerreiro que tenha ousado entrar la,saiu vivo para contar a história.

    Hao sentiu uma pontada de medo.

    -Porém,nenhum deles tinha o seu incentivo.Está armadura é necessária pra proteger o mundo.Está pronto garoto?

    Hao,olhou para a pirâmide,concentrado e disse:

    -Vamos.

    Partiram então decididos em direção a pirâmide,encarar algo desconhecido,é com um único objetivo: Conseguir a armadura,que ajudaria Hao a salvar toda humanidade.
    avatar
    zetsu789
    Fan Ficter
    Fan Ficter

    Masculino
    Número de Mensagens : 50
    Idade : 19
    Localização : Amegakure,País da Chuva
    Anime Favorito : Naruto,Death Note,Bakuman,Katekyo Hitman Reborn,Soul Eater,Saint Seiya
    Personagem Favorito : L Lawliet,Byakuran,Mashiro Moritaka,Vongola Primo,Soul Evans,Shiryu
    Data de inscrição : 08/01/2011

    Re: [Fan Fic / Aventura - Romance] Silver Knight

    Mensagem por zetsu789 em Seg 29 Ago 2011, 20:33

    Capitulo 7 – O Liquido da vida

    Caminharam um pouco,e chegaram até a entrada da pirâmide.Era uma pirâmide normal,como Hao tinha visto em alguns livros,mas tinha uma porta feita por um vidro verde.Tinha o desenho de dois exércitos lutando,e em um deles,havia um cavaleiro com uma armadura prateada que se destacava entre os outros.Hao imaginou que seria a armadura que viera buscar.Em baixo do desenho havia uma espécie de fechadura estranha.Vrael colocou a mão sobre a fechadura e a porta se abriu,revelando um corredor muito escuro.

    - Você espera aqui Kym. – disse Vrael ao dragão.

    -Mas porque ele não pode ir com a gente mestre ? Ele poderia ser útil ! – disse Hao

    -Receio,meu caro Hao,que seja mais seguro para Kym que permaneça aqui.Não se sabe o que existe la dentro,e nem mesmos se sairemos vivos.Porém,Kym tem a capacidade de sentir caso algo aconteça ao seu mestre,então,se algo acontecer a nós,Kym voltará ate o Cânion da Nevoa e avisará a todos.

    Hao sentiu uma ponta de receio.Se algo acontecesse com ele,qual seria a reação de sua mãe ? Poderia ate mesmo morrer de preocupação pelo filho. Hao tentou afastar esses pensamentos da cabeça enquanto entravam na pirâmide.

    Assim que passaram pela soleira daquela porta,ela se fechou.Rapidamente,tochas na parede foram acendendo,iluminando por completo todo corredor.Nas paredes havia alguns desenhos estranhos, ( que Hao não conseguiu descobrir o que eram) feitos a sangue.O sangue usado estava endurecido nas paredes,mostrando a Hao que o sangue pertencia a alguém que esteve ali a muito tempo.Caminharam pelo corredor até chegar a um enorme portão azul.Abriram-no,e se depararam com um enorme rio,com uma água muito cristalina e pura,mas não podia-se ver nada no fundo.A água porem emitia um brilho prateado forte,que Hao deduziu que viria da armadura escondida no fundo.No centro do rio,havia um pequeno monte de areia e um pedestal.

    -Vamos garoto,precisamos chegar até la.

    -Mas como vamos fazer isso ? Está vendo seu idiota? Se tivéssemos trago o Kym conosco,poderíamos fazer isso facilmente.

    -Acha mesmo que seria tão fácil ? Que simplesmente poderíamos voar ate la e pronto ? Não é assim que funciona garoto.Sinto uma magia muito forte emanando dessas paredes.Kym não seria capaz de voar aqui.Pensando bem,não sei se ele conseguiria respirar esse ar daqui,parece que tem veneno contra qualquer criatura que não seja humana....

    -Isso não ta me cheirando bem Vrael.Devemos tomar cuidado...Mas,como vamos chegar la ?

    -Olha ! Ali tem um bote de madeira! – disse Vrael

    E apontou para um canto,onde havia um pequeno bote e 2 remos.Os dois caminharam até o bote.

    -Parece que está aqui a anos.Olha so,quanta poeira ! – disse Hao abanando a poeira do bote enquanto tossia.

    -Pare de reclamar e entre garoto ! Você parece uma menina !

    Hao sentou no bote,enquanto Vrael o empurrava até a água.

    -Ué velho,você não vem comigo não ?

    -É claro que não ! Você precisa da armadura,você assume o risco garoto.E além do mais,eu não tenho mais idade pra remar não hehe – disse Vrael com uma risada sarcástica e mentirosa.

    Hao começou a remar devagar,sobre aquela água límpida.Por mais que tentasse enxergar a armadura através da água,era impossível de ver algo la dentro.Se concentrou em remar o mais rápido possível,e chegar ate o centro.Remou mais um pouco,amarrou o bote em uma pequena estaca de madeira presa no chão,e rumou para o pedestal no centro do Rio.
    Era um pedestal pequeno,feito de uma madeira muito bem trabalhada.Tinha textura de madeira envernizada,bem lisa,e tinha cheiro de sangue.Encima do pedestal havia um pequeno buraco que se aprofundava até o final do pedestal.Do lado do pequeno buraco,havia um pedaço de papel velho,e sujo de sangue em alguns lugares.Hao pegou o papel e leu o que havia escrito :



    “Das águas límpidas desse lago
    O canto da serpente sem vida
    O brilho prateado de uma vingança efetuada
    O bravo guerreiro que já não vive entre nós
    O sereno toque da morte
    A serpente que procura incessantemente
    Liquido da vida,o preço a se pagar “

    Hao leu e re-leu o papel várias vezes,tentando entender o que estava escrito ali.Pensou em perguntar a Vrael,mas a distancia era muito grande,e provavelmente Vrael não o ajudaria.Continuou pensando.O lago a que se referia provavelmente era o rio em que estavam.O brilho prateado deveria ser o brilho da armadura,o bravo guerreiro....O guerreiro que foi morto a quem pertencia a armadura ! As peças começavam a se encaixar.”Liquido da vida...Sangue! “ – Pensou Hao. Sangue era a resposta.Precisava de um pouco de sangue.Olhou dentro do pequeno buraco no pedestal e deduziu que deveria por o sangue ali.Colocou a mão no buraco a procura de algo que pudesse contrariar seu pensamento,e sentiu o liquido gelado que havia dentro do buraco.O corpo começou a tremer,mas continou afudando mais e mais a mão,até que sentiu algo.Apalpou pra descobrir o que era.Sem sucesso,retirou as mãos ensanguentadas de dentro do buraco,e uma pequena faca de prata.

    -Vamos lá.

    E cortou a palma da mão.1 segundo,2 segundos,o sangue escorreu.Hao evitou olhar muito para a mão enquanto o sangue escorria,mas não pode deixar de sentir aquele cheiro de sangue fresco.Porem,parece que algo também havia sentido o cheiro de sangue,porque de dentro do lago,surgiu um rugido enorme,que fez as paredes do lugar tremer,e deixou Hao e Vrael atentos.O sangue na mão de Hao escorria mais rapidamente agora,e ele sentiu seu corpo perder as forças.Colocou a mão sobre o buraco e deixou o sangue escorrer para dentro.Sentiu suas pernas cambalearem,seu rosto empalidecendo.Seu corpo começou a pesar,estava com anemia.A visão estava perdendo o foco.Sentiu a inconsciência chamando-o,mas tentou manter-se acordado.Sentiu então,uma ardência gigantesca sobre a ferida na mão,e o corte se fechou.Apoiou-se com todas as forças que restavam no pedestal enquanto lutava para se manter em pé.

    Neste momento,o pedestal começou a tremer,juntamente com o chão e as paredes do lugar.Hao então,viu o sangue dentro do pedestal descer pelo buraco e indo parar no rio,que foi se tornando vermelho.E de dentro do rio,saiu uma enorme serpente.Uma espécie que Hao so havia visto nos livros,enquanto estudava com seu irmão.Uma espécie de serpente que habitava lugares escuros,e que reagiam ao cheiro de sangue.Suas escamas era duras como aço,deixando como ponto fraco,apenas os olhos,e a parte de baixo,aonde ficava seu coração.Elas emanavam um tipo de aura que se misturava ao ar,que impedia a aproximação de qualquer espécie de criatura não – humana.Porém,a imagem do livro era um pouco(muito) menos assustadora que a serpente real.Ela começou a lamber a água do rio,como um animal faminto que encontra comida.Era gigantesca,sua cabeça quase batia no teto do lugar.Vrael assistia de longe a enorme serpente se deliciar com sua refeição,enquanto via Hao lutando para se manter em pé.

    -GAROTO,REAJA!VOCE VAI ACABAR MORTO ASSIM !

    Hao se alertou.Vrael estava usando telepatia para falar com ele.Ainda fraco tentou ergue-se com os olhos fixos na serpente.A serpente,assim que sentiu o garoto se movimentar,avançou para sua presa.Hao tentou correr,mas não tinha força nenhuma,tentou erguer a espada,mas essa parecia mais pesada que o normal.Simplesmente largou a arma no chão,e esperou a chegada da morte.

    3 segundos.

    “É assim que vai morrer Hao? “ Escutou a voz do seu irmão na sua cabeça.

    2 Segundos.

    “É assim que você é chamado de o grande salvador ? Morrer atacado por uma serpente ? É ,você realmente é fraco irmão.Receio que não me odiou o suficiente pra se tornar forte.Adeus”

    1 Segundo

    “Espera,eu não posso morrer.” Pensou Hao.

    Então,veio um som.Um som indescritível de algo cortando o ar,seguido de um baque sobre o pequeno monte de areia,uma respiração ofegante.O som da espada de Hao decepando a serpente.

    “Eu não posso morrer,antes de salvar o mundo.” – Pensou o garoto,caindo no chão sem forças.

    O corpo da serpente começou a derreter.O ar fétido que subia chegava a ser insuportável.O sangue se espalhou mais e mais sobre o rio,enquanto a serpente evaporava.A pirâmide então começou a tremer,e o teto,começou a desabar sobre Vrael e seu aprendiz.

    -Droga,precisamos sair daqui ! –disse vrael – Espera ! Se a serpente está morta,então...

    Um assobio.3,2,1 segundo.Um bater forte de asas,e o fiel amigo de Vrael,Kym,estava la para auxilia-los.

    -Rápido Kym ! Precisamos salvar o garoto.

    Rapidamente,Vrael montou sobre Kym,que voou rapidamente ate onde Hao estava caído.

    -Vamos garoto,acorde ! – dizia Vrael,enquanto dava tapas no rosto do garoto.

    -Espera velho...precisamos...a armadura... – dizia,quase inconsciente.

    Vrael olhou para os lados,e viu,boiando sobre a superfície do rio de sangue,uma armadura prateada que brilhava fortemente,em meio aos destroços daquele lugar.

    -Vamos Kym,precisamos aquela armadura ! – berrou para o dragão enquanto colocava o garoto em cima de Kym.

    Montou-o,e novamente Kym estava voando.Parou,ainda batendo as asas em cima da armadura.Vrael então,prendeu os pés nas escamas de Kym,e abaixou para pegar a armadura.Tocou-a e :

    -AAAAAAAAAAAAAAAAAAAII ! ESTÁ QUEIMANDO COMO BRASA ! HAO,VOCE TEM QUE PEGAR A ARMADURA !

    -Está....certo.

    Abaixou-se,prendendo os pés nas escamas do dragão,quase sem forças para se segurar,agarrou a armadura,e a puxou pra cima do dragão.

    -VAMOS KYM ! – BERROU VRAEL AO DRAGÃO

    Kym voou ate a passagem de onde tinha vindo,mas está,estava bloqueada pelos destroços do teto.

    -MERDA,POR ONDE VAMOS SAIR AGORA ?! – berrava Vrael,olhando para todos os lados,em busca de uma saída.

    -O.... teto... – Disse hao apontando para um buraco no teto.

    -ISSO,ISSO ! KYM RÁPIDO !

    Vrael segurou o garoto bem a tempo de Kym se lançar para cima como um raio.So mais um pouco e sairiam dali.Os destroços caiam de todos os lados,e Kym desviava de todos com extrema agilidade.Mais um pouco e estariam livres...mais um pouco.A luz da lua estava bem próxima do rosto de Vrael,fazendo virar o rosto para baixo.Ele viu o rio de sangue ser coberto pelos destroços da pirâmide que desabava.Aquele belo cenário,agora era apenas restos de uma pirâmide desabada.O ar fresco da noite lá fora bateu no seu rosto,e lhe deu uma sensação de alivio suprema.Kym voou para longe da pirâmide,dando tempo de Vrael ve-la em seus últimos momentos,enquanto desabava.Kym pousou,derrubando Vrael e Hao,que caíram sobre a areia fresca do deserto e ali dormiram como 3 pedras.O amanhã deles seria bem mais alegre e menos agitado do que a noite anterior.
    avatar
    zetsu789
    Fan Ficter
    Fan Ficter

    Masculino
    Número de Mensagens : 50
    Idade : 19
    Localização : Amegakure,País da Chuva
    Anime Favorito : Naruto,Death Note,Bakuman,Katekyo Hitman Reborn,Soul Eater,Saint Seiya
    Personagem Favorito : L Lawliet,Byakuran,Mashiro Moritaka,Vongola Primo,Soul Evans,Shiryu
    Data de inscrição : 08/01/2011

    Re: [Fan Fic / Aventura - Romance] Silver Knight

    Mensagem por zetsu789 em Ter 10 Jan 2012, 20:53

    Capitulo 8

    Amanhecera naquele deserto.Por mais que fosse um deserto,o lugar tinha um clima bem fresco,com fortes brisas soprando por aqueles campos arenosos.Os destroços da pirâmide que desabara permaneciam intactos sobre a areia do deserto.Hao estava deitado,observando as nuvens,enquanto Vrael acariciava a longa cabeça de Kym,sentado sobre o chão fresco.

    -Então velho,para onde vamos agora ? – perguntou Hao,sem tirar os olhos do céu.
    - Bom,acho que a ordem não importa muito,mas,não acho melhor que busquemos sua montaria logo.
    -Você diz,irmos atrás do... ?
    -Sim,irmos atrás do Dragão branco.Ainda dúvida da existência dele ?
    -E difícil acreditar que exista uma criatura tão perfeita quanto dizem que ele é.
    -Mas acredite,ele existe mesmo.Embora muitos tenham uma visão fantasiosa do que ele realmente é
    -Você já o viu,certo ?
    -Sim,mas era distante.Não posso descrevê-lo detalhadamente,mas...ele era gigantesco,seu tamanho so se comparara ao dragão negro,que foi considerado por muito tempo,o dragão mais poderoso,quando a existência do Dragão branco era desconhecida.Dizem que esses dragões são...irmãos.
    -Irmãos ?
    -Exato.Não irmãos de sangue,mas,eles nasceram no mesmo lugar.Eles são frutos da pedra dos dois caminhos.
    -Pedra dos dois caminhos ? Me lembro de você ter comentando sobre ela.
    -Bem,ela é o objetivo do seu irmão.
    -Objetivo do meu irmão ?
    -Bem,a pedra dos dois caminhos foi criada por uma grande mago no passado.Ela possuía duas auras,uma boa e uma má,que correspondiam a dupla personalidade daquele mago.A aura boa da pedra tinha poderes de cura,regeneração,e um poderoso poder destrutivo,mas usado para o bem.Já a aura má,tinha poder de degeneração,destruição em massa e controle da mente.
    -Controle da mente ?
    -Exato.A personalidade maligna do mago era poderosíssima,e por isso,dominou completamente o lado bom do mago,tornando um bruxo poderosíssimo e maligno.Ele planejava usar a pedra para controlar a mente da humanidade,e tornar todos seus escravos.Mas,alguma coisa deu errado quando ele estava prestes a tomar o mundo.O lado bom da pedra emergiu,lançando a pedra em alguma lugar do mundo.E da pedra saíram dois dragões,com características próprias de cada aura da pedra.
    -O dragão branco,e o dragão negro... – pensou Hao.
    - O mago então desapareceu e a pedra nunca mais foi encontrada.-Disse Vrael,em tom fúnebre.
    -Mas,o que isso tem haver com meu irmão ?
    -Bem,ele quer a pedra pra fazer exatamente o que o mago da história pretendia.
    -Então,tenho que impedi-lo de dominar a humanidade... – disse Hao,num tom solene.
    -Exatamente.E ele tem o controle sobre o dragão negro,então você precisa encontrar o lendário dragão branco,e doma-lo.
    -Mas,aonde exatamente ele se encontra ?
    -Bem,esse é o problema,ninguém consegue encontra-lo,porque ninguém sabe exatamente onde fica.Mas,a localização intermediária é : No vale Dragão.
    -Mas,ele é perto de minha casa ! Será que ...
    -Sim,podemos passar para ver sua mãe Hao – Disse o Vrael,com um tom bem agradável.
    -Então vamos,o que estamos esperando ?
    Levantou-se correndo,e pulou nas costas de Kym,que rapidamente se colocou em posição para receber seu mestre,e juntos,os 3 partiram.
    A viagem foi extremamente agradável para Hao.O clima era bem quente,mas com muitas brisas frescas,que davam um temperatura agradável para aquele vôo.Uma vez ou outra,Vrael passava dentro de uma nuvem molhando-os e irritando-os,mas no final,eles sempre riam da brincadeira.Não durou muito,para estarem pousando no belo vale dragão.
    O lugar era simplesmente magnífico.Dragões pacíficos caminhavam de um lado para outro,sentindo a leve brisa bater em seus rostos,fosse no chão,ou empoleirados no topo de uma arvore.Alguns voavam alegremente,e outros brincavam juntos.Por maior que fosse o medo que sentia,Hao sentia uma enorme admiração por aquelas criaturas magníficas.Até cogitou a possibilidade de ir brincar com um dos dragões,mas a idéia foi cortada quando viu a cabeça de um dragão morto embaixo de uma arvore cinzenta.

    -Bom garoto,agora vamos atrás do seu dragão. – disse Vrael,que dera Kym a permissão para ir atrás de um bando de dragões que brincavam no céu.

    -Bem,mas,você disse que não tem como encontrá-lo se não soubermos a localização exata !

    -Mas eu não disse que não sabia a localização exata – disse Vrael,com um sorriso maldoso.
    Apontou para Hao uma trilha longínqua,e os dois começaram a caminhar.
    Parecia que já haviam andado horas.A trilha ia se estreitando bastante durante seu percurso,as arvores tão altas que tampavam a luz do sol,fazendo com que Hao não soubesse diferenciar,dia e noite.Haviam adentrado tão fundo no coração da floresta que não se ouvia mais rugidos ou o bater de asas dos dragões.Vrael tinha a expressão séria e impassível.Andava na frente a passos largos,E não virou-se para atrás,nem pronunciara uma única palavra desde que haviam entrado na trilha.Até aquele momento.
    - Chegamos garoto,o coração da floresta.-disse ele,a expressão séria passando para um sorriso tranqüilizador.
    Era um enorme clareira.A luz do sol bateu forte nos olhos de Hao,deixando temporariamente cego,até seus olhos se acostumarem com a claridade.O chão era coberto de flores,de todas as cores possíveis,o vento soprava calmamente,balançando as flores.Havia também um pequeno lago,que na visão de Hao , não afundaria nem mesmo seus joelhos.
    -Bem garoto,é aqui.Você precisa entrar no lago.
    -Entrar no Lago ? Haha,não brinque comigo,não tem como entrar nesse lago.
    -Você quer apostar ? Venha logo atrás de mim,não temos tempo para suas dúvidas ridículas,você tem um dragão a domar.
    Dizendo isso,andou até a beira do lago.Depois,de maneira extremamente elegante,Vrael pulou de cabeça no centro do pequeno lago,e afundou,desaparecendo por completo.Hao olhou aterrorizado.

    -VAMOS GAROTO ! – Gritou a voz de Vrael,e Hao teve a impressão de que vinha debaixo da terra.

    Ainda amedrontado,Hao foi até a beira do lago.Na visão de Hao,o lago ainda parecia extremamente raso,e isso so aumentou seu medo.Tentou dispersar os pensamentos de que bateria a cabeça no fundo da água.Se concentrou em simplesmente passar.Depois,com o mesmo movimento elegante de Vrael,fechou os olhos e pulou de cabeça no centro do lago.Quando abriu os olhos novamente,viu-se num túnel escuro,e sentiu o toque de Vrael nos seu ombros.Devido a escuridão do túnel,era difícil enxergar muita coisa.
    -Espere,assim será melhor.
    E uma pequena chama se acendeu na mão de Vrael,iluminando o lugar.
    Era um túnel escuro,cavado a mão,ou melhor,a garras.Hao enxerga as marcas de unhas de dragão,as unhas que haviam cavado o túnel.Tinha um cheiro forte de terra molhada,e a única luz que não vinha da centelha de fogo na mão de Vrael,eram alguns pequenos buracos no teto,que falicitavam a passagem do ar.Vrael fez sinal para que Hao o seguisse,e puseram-se a andar.
    Andaram bastante em linha reta,o caminho longo,sempre em frente,sem muita iluminação,exceto da chama que vinha da mão de Vrael.Era muito silencioso,mas,bastante quente.Uma vez ou outra,Vrael parou,e Hao pode sentir uma forte vento que soprava no túnel.A respiração do dragão.Caminharam mais um pouco quando foram surpreendidos pela magnífica cena.
    -Chegamos.-disse Vrael,sorrindo.
    O lugar era simplesmente magnífico.Hao olhou espantado para aquele lugar.Tochas nas paredes iluminavam um grande salão.O chão estava cheio de ouro.Havia ouro nas paredes também,e montes e mais montes de pedras preciosas no chão.E no centro da sala,o esplendor.A criatura mais magnífica que Hao já havia visto.O dragão branco.
    -Eu não acredito... – sussurrou o garoto.

    O gigantesco dragão dormia sobre o ouro,que deveria ser seu belo tesouro.Era simplesmente magnífico.As escamas dele brilhavam reluzentes sobre a luz das tochas.Eram feitas de diamante.As garras enormes,que amedrontavam até as maiores criaturas,eram feitas do mesmo material das escamas : Diamante.A cauda enrolada em sua frente,era formada por grandes espinhos de diamante,que ia diminuindo até sumirem no meio das suas costas.Na cabeça,dois chifres negros gigantescos,destacavam-se sobre a pele escamosa do dragão.O dentes gigantescos e ameaçadores,fechados na sua boca enorme que respirava lentamente.A criatura mais magnífica e ameaçadora,dormia tranquilamente sobre seu tesouro.
    -Meu deus... – suspirou Hao.
    -Não perca o foco garoto,você pode admirar sua beleza depois,agora,tem de doma-lo.
    -Mas,como vou fazer isso ?
    -Bem,domar um dragão é até simples.Você só precisa chegar até ele,e provar que não lhe é uma ameaça.Depois,ele levantará a cabeça para você,e precisa olhar nos olhos deles.Nem mesmo pisque nesse momento,de forma alguma.Se ele ver que você tem intenções puras,ou que combinem com os desejos do dragão,ele aceitará você como seu dono.Essa parte é simples.O problema será : chegar até lá.
    -Mas,qual o problema nisso ?
    -Garoto,você não entende nada ? O chão está cheio do tesouro deste dragão.Voce não pode simplesmente andar sobre o tesouro de um dragão,como anda sobre o chão.
    Hao se lembrará.Ja havia ouvido histórias de que,se você toca no tesouro de um dragão,você se torna um dragão também.
    -Então,se eu tocar no tesouro,eu viro um dragão também ?
    -Ora,pare com essas fantasias idiotas,é claro que você não vai virar um dragão.O tesouro de um dragão funciona mais como uma arma para enfraquecer inimigos.Agora,vá logo,e boa sorte garoto.

    Hao deu um passo para frente,e pisou sobre o ouro.
    Um grito ecoou nas paredes do túnel,acordando o dragão.
    O grito havia vindo de Hao.Ao pisar sobre o ouro,seus pés arderam como se pisasse em fogo.Hao havia recuado,os pés chamuscados,e o medo correndo pelo seu rosto.O dragão que acordará assustado,olhava para os dois homens parados ali,e recuou para trás.

    -Ande logo garoto ! E lembre-se,se você demonstrar qualquer perigo para ele,por menor que seja,ele irá te matar.Me entregue sua espada.
    Hao entregou a espada a Vrael.
    -Agora ande !

    Hao pensou 2 vezes antes de pisar no ouro,seu corpo tremendo.Respirou fundo,e andou.
    Os pés arderam em brasa novamente.Parecia estar caminhando sobre o fogo.Tentou esquecer a dor e caminhar calmamente,mas a dor era forte.Havia dado apenas 10 passos,quando sentiu suas forças indo embora.Olhou para o dragão enquanto andava sobre o que lhe pareceu o fogo mais ardente de todos.Tentou manter a mente calma,consciente do que estava fazendo,mas era praticamente impossível.O ouro que queimava sobre seus pés removia toda a força existente em seu corpo.O dragão olhava o garoto,com os seus dois olhos vermelhos e ameaçadores,com um certo receio.Devia estar preparando-se para atacar caso o garoto se aproxima-se demais.Hao sabia que não resistiria a um ataque do dragão mais poderoso de todos.Não só em beleza,o dragão branco possuia poderes inimaginaveis.Uma baforada de seu poderoso fogo faria com que Hao se desintegra-se por completo.O garoto sentiu medo.Mais medo do que já havia sentido.Não havia escapatoria.Cercado por ouro em brasa que queimaria seu corpo ao menor toque,e diante de uma criatura tão poderosa quanto o próprio mar.

    (1 pessoa,a visão de Hao.)

    ‘’Meu corpo não tinha mais forças.Até mesmo respirar estava se tornando dificil.Aquela criatura me olhava com olhos perigosos,e eu tive medo.Por um momento,lembrei da minha mãe.O quanto aquela mulher tinha sido importante na minha vida,isso era algo que eu jamais pagaria.E lembrei de meu irmão.Do maldito dia em que ele foi levado por um velho estranho,e escolhido esse terrivel destino.E lembrei de mim.Um garoto inocente,brincando de ser um guerreiro com seus amigos.Agora estou presto numa caverna,diante da iminente morte.Será que segui o caminho certo?Eu continuo caminhando,me aproximando mais e mais daquilo que devo fazer,e tambem da morte,e ainda não tenho a certeza de que estou no caminho certo.Talvez eu deva viver pra descobrir então.Tantas coisas que eu ainda não resolvi,tantas respostas que eu ainda não tenho.”

    (voltando...)
    -Devo viver ! – gritou Hao mentalmente.
    -AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHH!!
    O grito do garoto ecoou entre as paredes do grandes salão.O fogo não mais queimava seus pés,os olhos do dragão não mais lhe impunham medo.O garoto corria sobre os montes de ouro e pedras preciosas,avançando cegamente para o dragão.O dragão assustou-se com a reação do garoto e colocou-se em posição para atacar.Ergueu as asas extremamentes belas e ameaçadoras,que brilhavam a luz das tochas,colocou a cabeça sobre as patas dianteiras dobradas.Deu impulso para atacar e....

    -PAAREE ! EU NÃO VIM MACHUCAR VOCÊ !

    O garoto estava parado diante do dragão,encarando-o.Era extremamente pequeno comparando com a fera,mas o estado de espirito era tão grande quando o daquele dragão supremo.Sem desviar os olhares,as duas criaturas,humano e Dragão,passaram a olhar um dentro do outro.Não eram mais diferentes,eram grandes guerreiros,se encarando.Por um momento,parecia que o tempo havia parado.O dragão procurava dentro da alma de Hao,enquanto Hao pode olhar dentro da alma do dragão.Passou um tempo que não foi calculado,porque naquele momento,o tempo não era importante.O dragão abaixou a cabeça,desceu as asas,fechou os olho,e deixou-se ser acariciado pelo seu dono.

    avatar
    zetsu789
    Fan Ficter
    Fan Ficter

    Masculino
    Número de Mensagens : 50
    Idade : 19
    Localização : Amegakure,País da Chuva
    Anime Favorito : Naruto,Death Note,Bakuman,Katekyo Hitman Reborn,Soul Eater,Saint Seiya
    Personagem Favorito : L Lawliet,Byakuran,Mashiro Moritaka,Vongola Primo,Soul Evans,Shiryu
    Data de inscrição : 08/01/2011

    Re: [Fan Fic / Aventura - Romance] Silver Knight

    Mensagem por zetsu789 em Qui 16 Fev 2012, 18:10

    Capitulo 9 - Lágrimas de Sangue

    (1 pessoa : )

    “Naquele momento,nada mais importava.Eu não sei realmente como minha mente conseguiu ter pensamentos sobrios,enquanto eu voava livremente pelo céu montado no dragão mais poderoso do mundo.Era estranho,aquela sensação repentina de liberdade.Eu observava meu mestre sentado na relva,observava kym deitado,descansando,e observava o céu infinito a minha frente.Quando meu dragão pousou,eu sentia uma euforia enorme dentro de mim,como se fosse o rei daquele infinito universo azul.”

    (voltando...)

    Hao havia acabado de pousar,e agora acariciava a cabeça de seu dragão.Era estranho,para todos,como um dragão tão poderoso e majestoso,deixava-se ser acariciado por um humano.Até mesmo Vrael não imaginara que ele seria tão forte,e ao mesmo tempo tão dócil.Foi em direção ao seu discípulo,os olhos cheios de orgulho.

    -Meus parabéns Hao.Agora você tem seu dragão – disse Vrael sorrindo.

    -Obrigado mestre.É simplesmente...magnifico.

    -Espere só até ele te mostrar os poderes dele.

    -Ele tem poderes ?

    -Sim,todo dragão nasce com um tipo de poder.E o do seu dragão é único,ainda mais por ter sido criado a partir da pedra dos dois caminhos.

    -Mestre...eu tenho uma pergunta.

    -Diga.

    -O senhor disse que a pedra originou os dois dragões...

    -Sim,certamente.

    -E disse que meu irmão quer as duas partes pra recriar a pedra...

    -Aonde quer chegar Hao ?

    -Como...ele fará pra transformar os dragões na pedra novamente ?

    -Bem...só existem duas maneiras de fazer isso.A primeira é uma magia antiga muito poderosa chamada “ Mius Nigto”.É uma magia antiga que faz com que alguém ou algo volte a sua forma original.No caso do seu dragão,a metade boa da pedra.E a segunda forma,é se o dragão resolver conceder ao dono os poderes da pedra.

    -E isso será fácil ? Digo,o dragão negro pode conceder os poderes da pedra ao meu irmão ?

    -Bem, eu não sei ao certo, mas pro dragão de seu irmão não deve ser tão complicado. O dragão negro é feito de ódio puro ,então ele pode conceder seus poderes para qualquer um que tenha uma coração cheio de ódio. Mas isso não é importante agora Hao .Você ainda precisa encontrar sua arma, antes de irmos ver sua mãe. Não temos muito tempo pra isso.

    -Está certo. Aonde vamos agora ?

    -A uma mina de diamantes na vila do ouro.

    -Mina de diamantes ?

    -Sim. É uma mina afastada da cidade, onde haviam muitos trabalhadores que pegavam diamantes para vende-los. Mas ultimamente,durante os voos que eu peço pra ele fazer, em busca de informações, Kym andou ouvindo rumores de que os trabalhadores da mina sumiram. E todas as pessoas da vila do ouro também.

    -Como assim “ Kym andou ouvindo rumores “ ?

    -Bem, depois de um tempo estando juntos , e esse tempo varia de pessoa pra pessoa e de dragão pra dragão, você e seu dragão passam a se comunicar mentalmente.

    -Que legal ! Eu vou poder me comunicar com ele também ? - Disse Hao apontando para seu dragão.

    -Vai sim, e a proposito, você deve dar logo um nome a ele. Ele não deve gostar de ser chamado de “Ele”

    -Mas eu já tenho um nome .”Sellium”

    O dragão deitado, deu um rosnado de aprovação.

    -Então avante Hao, a ultima chave nos espera.

    Com um salto, Hao pulou nas costas do dragão que encontrava-se pronto para decolar. Hao sentiu o impulso do dragão, e levantaram voo. Voar ao lado de Vrael era bom na visão de Hao. Ele não se sentia mais em segundo plano. Agora ele era tão forte como o mestre, ou ao menos, podia voar como ele.

    A viagem foi bem curta. Os dragões podiam se comunicar entre si, e decidiram apostar uma corrida. Quando Hao viu que eles disputavam, rapidamente se empolgou e começou a gritar para apoiar seu dragão. Vrael por outro lado, mantia os olhos fechados meditando. Após uma curta corrida que acabou com a vitória de Sellium, eles pousaram suavemente no centro da Vila do Ouro.

    -Vrael, eu pensei que essa cidade foi super habitada...- disse Hao confuso.

    -E era pra ser .Há algo estranho aqui. Eu sinto cheiro de morte...Infelizmente, não temos tempo a perder. Precisamos correr e pegar sua espada. Então poderemos averiguar o que aconteceu aqui.

    -Certo.

    E puseram-se a correr. Eram rápidos demais pra serem considerados humanos normais, e em questão de alguns poucos minutos, estavam na entrada de uma gigantesca caverna escura, com os dragões atrás deles.

    -É aqui. - Disse Vrael.

    -Que lugar estranho pra se colocar uma espada.

    -A espada não foi colocada aqui. Ela nasceu aqui, junto com a criatura guardiã dela.

    -Criatura guardiã ?

    -Sim, uma valquíria.

    -Valquíria ? Mas eu pensei que elas fossem só mitos.

    -Não ,elas existiram .As valquírias eram criaturas extremamente belas que iam até os campos de batalha nas guerras, selecionando os melhores guerreiros e os levando para um local onde elas os seduziam com algum tipo de magia hipnótica. Depois elas tinham relações com eles, se reproduziam ,e ai os eliminavam. Os homens apaixonados, simplesmente não conseguiam erguer suas espadas contra aquela criatura belíssima. Mas, apesar de sua beleza extrema, elas são criaturas malignas, que só pensam nelas mesmas.

    -Vou tentar me lembrar disso. Seria bem útil se você me deixasse utilizar a armadura aqui não acha?

    -Não, garoto idiota. Uma chave não deve ser usada contra outra. Você só deve usa-las quando elas estiverem juntas.

    -Mas não estaria usando contra a espada, tecnicamente.

    -Errado. A espada que você quer pertence a Valquiria .Ela lutara usando-a contra você. Então tome cuidado,aquela espada pode cortar qualquer coisa, incluindo as escamas de seu dragão.

    -Mas eu pensei que essa espada fosse única !

    -E ela é, so existe uma dela. A espada ficou para a ultima valquíria que sobrou.

    -Como vou matar uma criatura dessas ?

    -Precisa exorcizá-la. Na verdade, eu vou exorcizá-la.

    -Exorcizá-la ?

    -Isso, manda-la pra terra de onde ela veio. Uma valquíria não pode ser morta por meios normais. E os meios que haviam para mata-las se perderam junto com os guerreiros que elas destronavam. Entao, exorcisa-la seria como derrota-la, e esse é o único jeito dela derrubar sua espada. Preciso apenas que lute com ela enquanto eu preparo a magia.Agora ande, entre.

    Então Hao começou a andar, com Vrael atrás, seguidos de Kym e Sellium.
    A caverna não possuía iluminação, mas dava para enxergar dentro dela. Poderiam ser consideradas paredes normais de uma caverna comum, se não estivessem abarrotadas de diamantes e pedras preciosas. A media que adentravam a caverna, apareciam mais e mais diamantes, que encantavam Hao. Os diamantes pareciam com as escamas de Sellium, mas menos reluzentes, e Hao se sentiu orgulhoso de ser dono de um dragão que conseguia ser superior a diamantes. Andaram mais e mais, até que uma luz começou se aproximar. Caminharam em direção a ela ,e se viram na saída da caverna ,no meio de uma clareira, na floresta que cercava o lugar.

    -Mas ,o que é isso ?perguntou Hao

    -Que foi ? Você não achou que a Valquiria iria ficar numa caverna dessas não é ? Ela é um ser alado, precisa de espaço para voar.

    -Está certo, mas onde ela...

    Hao nunca terminou essa frase.
    O lugar foi cheio por uma música que parecia sair do chão. Uma música perfeita, melhor do que tudo que Hao já tinha ouvido. Ele viu sair de trás de uma arvore um criatura belíssima, que poderia se comparar a um anjo. A criatura levitava, e em sua mão havia uma pequena harpa, cuja qual ela tocava com imensa habilidade. A espada brilhante como o sol permanecia embainhada em sua cintura. Hao olhava a criatura encantado com sua beleza. Quase magicamente encantado...

    -HAO,FIQUE ALERTA! ELA É UMA CRIATURA PERIGOSA !

    Hao acordou do transe. Era difícil acreditar que uma criatura tao bela quanto aquela pudesse oferecer algum perigo.

    -Não deviam ter vindo aqui, cavaleiros. -disse a Valquiria, com uma voz tão suave quanto uma nuvem.

    -NÃO TENTE NOS ENGANAR CRIATURA INFERNAL ! PRECISAMOS DESSA SUA ESPADA.

    -Não podem levar minha espada embora. Eu preciso dela.

    -VOCÊ NÃO TEM ESCOLHA,MATAREMOS VOCE SE FOR PRECISO !

    -Devo ter medo ? –disse a criatura com um gargalhada doce mas diabólica ao mesmo tempo – Eu já derrotei guerreiros mais poderoso do que vocês juntos, sem ao menos precisar erguer a minha espada. Porque eu teria medo ?

    -SUA MAGIA NÃO FUNCIONARA CONOSCO BRUXA.VOCE DEVERIA TER SE TOCAD O DISSO.

    -Como é ? – perguntou a criatura espantada.

    -Deveríamos estar sobre seu transe, não é ? –dessa vez foi Hao a falar – Mas não estamos. Sua magia deveria ter feito com que nos apaixonássemos por você ,mas estamos prontos pra te atacar a qualquer momento. Porque nós devemos ter medo dela ?-Embora Hao dissesse isso, não sabiam exatamente porque o canto da Valquiria não surtira efeito neles.

    - ORA SEU ... !

    E a criatura avançou para Hao. Era veloz, e foi aproximando-se com uma velocidade imensa. Mas Hao já esperava aquele ataque, e se esquivou rapidamente, evitando ser cortado pela espada.

    -VRAEL,FAÇA O QUE TIVER QUE FAZER.EU MANTEREI-A OCUPADA. SELLIUM, VAMOS !!

    Hao então, usou magia para pular 5 vezes mais alto que o normal, e antes que caísse no chão, Sellium o pegou, e avançaram para a criatura.
    Sellium era rápido, mais rápido do que a valquíria. Hao não acostumara-se a lutar em cima de um dragão ,mas era relativamente fácil. A Valquiria avançava com a espada pronta, e Sellium se esquivava todas as vezes ,tentando não ser atingido pela espada que poderia cortar ate mesmo suas escamas.

    A criatura sabia que no céu teria desvantagem e começou a descer.

    “ Vamos Mestre ! “

    Hao ouvira a voz de Sellium em sua cabeça. Ele teria ficado atordoado, se ouve-se tempo e condições para isso.Com um aceno da cabeça, o dragão mergulhou com todo seu poder. Hao erguera a espada, estava pronto pra atacar. A criatura estava desatenta, iria lhe cortar a cabeça. Teria conseguido, se não tivesse ordenado para que Sellium parasse bruscamente no ultimo instante.

    Da criatura, emanava uma aurea negra, que infectava o ar com um cheiro podre, um cheiro de morte. A pele da criatura então começou a cair, e sua verdadeira forma foi mostrada. Um monstro horrendo, de duas cabeças, quatro braços e 2 pares de asas .Era negro,com chifres na cabeça ,língua de serpente, e um olhar ameaçador que encarava o dragão.

    -HAO,ELA LIBEROU SUA VERDADEIRA FORMA! MUITO CUIDADO AGORA,ELA TEVE SEU PODER DOBRADO,É CAPAZ DE VOAR TAO RAPIDO QUANTO SEU DRAGÃO.EU ESTOU QUASE TERMINANDO AQUI !

    Hao não desviava os olhos da criatura horrenda, que avança ameaçadoramente em direção a ele. Se Sellium não tivesse desviado, teriam sido atingidos.

    “ACORDE MESTRE “

    O grito de Sellium fez com que Hao se concentrasse. A criatura voltara a avançar, e Sellium desviava rapidamente dos ataques inimigos. Hao observava a criatura, procurava uma abertura. Para Hao, aquela criatura não parecia ser tao inteligente .Ela simplesmente avançava sem pensar, tentando acertar seu inimigo...

    Hao teve uma ideia.

    “Sellium, Mergulhe! Com toda força que puder “
    As palavras ecoaram na mente do dragão, e Sellium obedeceu o comando do mestre. Num mergulho súbito, começou a descer com todas as forças mirando no chão. Ele sabia o que Hao planejava ,agora que suas mentes estavam conectadas. A criatura os seguia logo atrás alcançados rapidamente .A distancia era perigosa, a criatura estava quase os atingindo, brandindo sua espada loucamente.

    “Mais um pouco Sellium”

    O dragão descia com mais velocidade, se aproximando cada vez mais do chão .Talvez não conseguissem.

    “Mais um pouco Sellium...’

    O dragão continuava a avançar com a criatura no seu encalço.5 segundos para o impacto.

    “Se prepare Sellium.5,4,3,2,...VAAAI!”

    O dragão virou-se bruscamente, conseguindo virar a tempo para não dar de cara com o chão. Estava perto o suficiente para que sua barriga roçasse no chão. A criatura por outro lado, não era tão inteligente como Hao havia percebido, e deu de cara com o chão, dentro do circulo magico que Vrael tinha feito ali. La de cima, Hao jogou sua antiga espada e essa fincou na barriga da criatura, prendendo-a no chão.

    -EVERUS MORTUS,SELLUS ETERNUS !! -berrou Vrael

    Embora as palavras não fizessem sentido na mente de Hao, elas fizeram efeito.A criatura começou a brilhar dentro do circulo, enquanto gemia e gritava, até que finalmente desapareceu, deixando cair algo brilhante do lado do circulo. A espada.

    -Conseguimos Sellion – disse Hao

    O dragão acenou com a cabeça.

    -Agora que tenho as chaves, podemos ir ver minha mãe mestre ?

    -Claro. Pegue a espada e vamos.

    Hao foi ate a arma reluzente que brilhava no chão,oluminada pela luz do sol e a pegou. “É muito bela”, pensou ele.Era feita por uma pedra escura que parecia ser cristal negro.Era leve porem,como uma pena.Seria bastante fácil usa-la. Entregou-a à Vrael, que a transformou numa pequena chave e colocou no bolso, assim como fizera com a armadura. Subiram silenciosamente em seu dragão, e fizeram uma viagem tranquila, até chegar no Canion da Nevoa.
    A cidade era igual na visão de Hao. Nada havia mudado, exceto que não havia quase ninguém a vista. Hao começou a se preocupar. ”O que esta acontecendo com as pessoas ? ”,pensou. Enquanto caminhavam até onde era a antiga casa de sua mãe, Hao tinha muitas perguntas em sua cabeça. Foram todas dissipadas, quando ouviram um grito.

    -AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!

    -O que foi isso ?! – disse Vrael

    -Essa foi...ESSA FOI A VOZ DE MINHA MÃE VELHO ! – e começou a correr

    -HAO,ESPERE ! – gritou o velho, correndo atrás dele.

    Hao chutou a porta de entrada de sua casa, derrubando-a, e viu algo que ele jamais imaginara. Sua mãe, jazia caída no chão ,a barriga ensanguentada, pálida, muito pálida. As paredes da casa estavam chapiscadas de sangue fresco.O cheiro de sangue e morte enxia aquele ar por completo. Ao lado dela, estava Lox.

    -Ma..Mãe ? O – o que aconteceu aqui ? – Hao olhava desesperado para o sangue de sua mãe, e para o rosto maligno de seu irmão.

    Lox sorria.

    -Ora ora,se não é o salvador do mundo. Hao, irmão, quanto tempo ! – disse Lox, saudosamente.

    -O que você fez Lox ? – a fúria na voz de Hao era evidente.

    -Ei, acalme-se irmão, esse é o jeito que me da as boas vindas ? – a voz de Lox era arrogante demais para Hao.

    -DESGRAÇADO ! COMO PODE ?!

    -Ora Hao ,sinceramente, não foi tão difícil. Eu só tive que vir até aqui, matar boa parte das pessoas desse lugar inútil ...O resto estão presos, serão meus escravos. Matar ela foi simples tambem.Essa velha inútil, realmente, não foi divertido. Eu pensei que ela mostraria alguma resistência, uma magia antiga talvez, mas ela foi inútil.

    -DO QUE ESTÁ FALANDO MALDITO !? ELA NÃO PODERIA USAR UMA MAGIA CONTRA VOCE !

    -Ah, poderia sim .Você não sabia Hao ? HAHAHA que ilário ! O filho bastardo não sabia que a mamãezinha era uma maga HAHAHA! Você é um inútil igual a ela Hao ! Eu não preciso de você também ! Eu devia acabar com você, com esse velho inútil aqui agora .Mas não seria divertido. Eu quero que você enxergue meu verdadeiro poder quando eu obtiver a pedra, e talvez, se você se ajoelhar perante mim, eu tenha piedade de você e deixe viver como meu escravo.

    -SEU MALDITO,EU VOU TE MATAR !!!
    Hao avançou furiosamente para Lox, mas foi preso por uma magia lançada por Vrael.

    -Acalme-se Hao, ele não está aqui de verdade .Ele esteve, mas quando sentiu a presença da pedra, se teletransportou. Isso é uma projeção psíquica. Ele teme o lado bom da pedra.

    -Cale a boca, velho INÚTIL ! Eu não tenho medo de nada. Eu só não preciso mata-los agora. Em um dia, eu matei todos os habitantes da Vila do ouro e do Canion da Nevoa, não preciso de mais uma morte por hoje. Quer realmente lutar garoto inútil ?Pois escute. Dentro de 5 dias, eu atacarei a Terra Prateada, e assumirei o controle de todo Mundo Enevoado. Se quer realmente lutar, eu estarei esperando.

    A projeção desapareceu.

    Hao ajoelhou-se aos pés do corpo da mãe, suas lágrimas misturando-se ao sangue no chão. Não podia acreditar que seu próprio irmão havia matado sua mãe. Não podia...

    (1 Pessoa )

    “ Ela,ela está morta ! Não...não pode estar morta.Eu estou vendo a única coisa preciosa que me sobrou...MORTA ! PELO MALDITO FILHO ! Como ele pode ?! Não...esse não pode ser meu irmão...MATAR SUA PRÓPRIA MÃE !! “

    (Voltando...)

    Os pensamentos de Hao foram interrompidos pela suave voz de Vrael.

    -Vamos Hao. Vamos sair daqui. Temos 5 dias para que você aprenda a dominar as chaves por completo.

    Hao enxugou as lágrimas, e então ergueu-se. Seu corpo tremia. As lágrimas que escorriam por seu rosto não eram mais tristeza. Era ódio puro. Ódio liquido que escorria por seus olhos. Naquele momento, Hao não raciocinava, não pensava no depois. As únicas coisas que passavam pela cabeça dele eram : 5 dias...matar...aquela...criatura...que...diz...ser...meu...irmão.A resposta que se seguiu foi dita num tom carregado de ódio puro.

    -Sim mestre. Eu vou vingar a minha mãe.

    Conteúdo patrocinado

    Re: [Fan Fic / Aventura - Romance] Silver Knight

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab 16 Dez 2017, 07:53